Foto do blog: Mario Lamoglia

domingo, 21 de março de 2010

Pra brotar no meu quintal


É de florir que eu sei, mas tem dias desaprendo. Não é coisa que se retome mastigando livros, esse tal brotar - mas suspirando ao pôr do sol. E ando num tempo que em mim o sol não nasce. Sigo anoitecida. Puída. Desbotada. Tendendo a crises de autocomiseração. Sigo insone-insana. Esgotada. Falida. Implorando que meus hojes amanheçam futuro - iluminado, embevecido. Porque quando o olhar abraça forte o amanhã, traz o horizonte pro nosso quintal.
E faz voltar a florir.

Sylvia Araujo 

14 comentários:

Priscila Rôde disse...

Amanheça!
Quando florir, jogue algumas flores aqui!
:)


Beijo.

Erica Ferro disse...

Logo você irá amanhecer, florir e sorrir.
Eu sei!

Um abraço.

Maria V. disse...

muito bacana seu blog! e bonito também, esteticamente bonito. gostei mto da postagem "Adolescentricidades", eles são geniais, né? só não podemos contar isso a eles...rs. bjos, volte sempre ao Por uma Maria só.

Ella disse...

Porque você ao invés de rezar (não que isso não ajude), começa a plantar flores agora?

Tatá R. da S. disse...

Lindíssimo, Sylvia.
Acho que pelo jeito não sou a única que tem andando meio murchinha. ;/
Beijos e luz solar.

Sil.. disse...

Que sempre possa florir!!

Forte abraço!!!

Lílian Alcântara disse...

No Brasil as estações não são bem definidas, é proibido não florir, é proibido não amanhecer, equinócios ?

CANTO GERAL DO BRASIL (e outros cantos) disse...

Sylvia,
De repente, não mais que de repente, fizeste florir um lindo texto que vou reler até cansar de mastigar.
De repente, poeta, não mais que de repente...

Abraço mineiro,
Pedro Ramúcio.

Mais um imundo no mundo impuro. disse...

Eu gosto de ser supreendido e ao vir aqui foi o que aconteceu. Adorei!

Abraços!

Sylvia Araujo disse...

Pri, queridona,
Jogo, jogo! Eu sempre jogo flores por onde quer que eu vá. Perfuma o caminho, né?
Um beijo florido


Erica!
Que bom ter você aqui.
A gente amanhece, floresce, sorri, anoitece, se esconde, derrama... ainda bem que a letra acompanha. rs
Uma beijocamega


Maria,
Esses adolescentes me tiram boas risadas, além de aumentarem consideravelmente o número de cabelos brancos na minha cabeça... rsrs
Eu tô sempre por lá no seu Maria!
Beijo-beijo


Ella, menina,
O pior é que eu planto. E não rezo. rs
Bom ter você aqui! Venha sempre, viu?


Tatá,
Obrigada pelo carinho... A gente fica murchinha, escreve, escreve, e logo volta a brilhar! Ainda bem.
Mais luz ainda pra você


Sil..
Floriremos todos! Amém!
Abraço de urso pra você


Oi, Lilian!
Sempre tem dia que vira noite dentro do peito. Um lampião cai bem - ilumina e aquece que é uma beleza... ;)
Beijoca e volte, vá, volte, sempre.


Ô, Pedro,
É sempre bom receber seu carinho mineiro. Obrigada!
Beijoca


Mais um imundo,
Obrigada pelo carinho, pela visita e pelas palavras doces.
Adorei seu canto também.
Beijoca

Lara Amaral disse...

Bonito quintal!

Obrigada pelo comentário.

Beijos.

Marcelo Novaes disse...

Sylvia,


Quando se é fadada a ser flor...





Beijo.

Denise disse...

moça, tudo tão bordadinho por aqui... te seguirei por tempos!!

beijos azuis...de céu bonito!!

Sylvia Araujo disse...

Obrigada pela visita, Lara!
Beijo pra você


Nasce e morre flor... é fato.
Uma beijoca, Marcelo


Ô, Denise... obrigada pelo carinho.
beijocagiga florida que só!