Foto do blog: Mario Lamoglia

sexta-feira, 2 de abril de 2010

A giz

Menina do sapato branco,
do vestido largo,
do olhar feliz.

Pequena do sorriso aberto,
do futuro incerto,
das mãos de cetim.

Menina dos cabelos fartos,
com os pés descalços,
rosa do jardim.

Pequena, teu andar sem freio
faz o meu enredo
ser escrito a giz.

(Pro vento soprar,
pro amor refazer,
pro tempo parar
e brilhar pra você.)
Sylvia Araujo

41 comentários:

Lara Amaral disse...

Esse poema dá até bossa-nova.

Embala a gente, lindo!

Abraço.

Murilo Rafael disse...

Muito lindo, Sylvia.
Saudações,
mR.

Fouad Talal disse...

Lindo!!!
Manda pro Zeca Baleiro gravar...
Bjoo!

Ilaine disse...

Quanto ritmo neste poema.
Imaginei-o em um livro, com ilustrações bem coloridas. Muito lindo!
Beijo

Erica Ferro disse...

Que doce!

Beijo.

Tatiane Lemos disse...

Lindo flor!

Kanauã Kaluanã disse...

Sylvia,

Visualizei a menina a descalçar seu sapatinho de nuvem para andar sobre arco-íris em giz de cor.

Belo, muito belo!

Um beijo.
.
.
.
Katyuscia.

Lívio disse...

Feliz, essa menina.

leonel disse...

Quase pude ouvir a guria cantar... Parabéns!

Sabiana disse...

Concordo!
Manda pro Zeca Baleiro gravar.

Lindimais!!!!


bjuuu

Márcia Cristina Lio Magalhães disse...

Que sempre brilhe a poesia no seu coração pra tu continuares a escrever poemas tão lindos!

Já te sigo nos dois blogs, com carinho e admiração!

beijokas, Páscoa feliz!

Márcia

Úrsula Avner disse...

Oi Sylvia, um mimo de poema ! Agradeço o carinho de sua visita e tão amável comentário. Bj,

Úrsula

ventosnaprimavera disse...

Sua poesia é encantadora,parabéns.Gostei muito do seu blog.Arnoldo Pimentel

Em@ disse...

Bonito, Sílvia. Com bom ritmo.
Deixo-lhe um abraço e votos de que o ciclo de ranovação se cumpra dentro de si.
boa Páscoa.

Fouad Talal disse...

de uma bisoiada agora... acho que vou deixar esse! bjuuu

Renata Luciana disse...

Sapatinhos vermelhos. Rodopios! Ternura... gosto doce!

Inês disse...

Música!

Lílian Alcântara disse...

perfeito.. eu roubava giz na escola pra rabiscar a cidade, coloria tudo que era branco até o giz acabar

Priscila Rôde disse...

Não li.
Cantei! :)

Erica Vittorazzi disse...

Que delicadeza!!

Lindo!

Regina Zanette disse...

Sem palavras. Você tem o dom, menina.

Wilson Torres Nanini disse...

Gostei muito da estrutura, cheia de nuanças que afirmam o tema.

Abraços!

Luna Sanchez disse...

♪ "Eu rabisco o sol que a chuva apagou" ♫

O giz do Renato (Russo), para fazer par com o teu. ^^

Beijos, boa Páscoa!

ℓυηα

A Moni. disse...

Recebi (pretensiosamente)esse poema feito um afago, de tanto jeito de abraço que ele tem...

Obrigada pelo sopro...sinto daqui. Só não exijo que percas o fôlego, as nuvens às vezes são pesadas. Mas vale a brisa, o carinho do vento que faz sentir...

Beijos, Sylvia! E uma doce páscoa pra ti...

A.S. disse...

Lindoooo !!!

Parece uma canção!


BeijOOO
AL

Clara disse...

Que lindo e doce poeminha!

Giz me lembra infância, amarelinha, chão riscado.... Boas lembranças!

Poetíssima disse...

Lindo!
Amei os pretéritos..

Parabéns pelo blog, abraços!

Naty Araújo disse...

Viajei...
Me desenhei com esse giz em meus pensamentos.

Beijos.

UM POUCO DE MIM disse...

Tão encantador tudo aqui!
Lindo demais! E por vezes A GENTE volta a ser menina. Acredita e acredita que podemos desenhar a vida ao nosso modo. rs
Obrigada pela visita , amei!
Sinto uma doçura no seu falar!
Beijos
NiL

ErikaH Azzevedo disse...

Tão bonito...e lúdico ...e musical.
O bom de ser feita de giz é poder se escrever e re-escrever qtas vezes possiveis for...se reinventar...e são tantas as tonalidades e cores que tem a menina para se dar né!

um beijo.

Gostei muito do teu cantinho, cheio de poesia...senti-me em casa.


Erikah

Regiani Moraes disse...

Blog interessantíssimo!
Grata pela especial visita!
Beijo!

Eurico disse...

Abraços pascoais!
Tudo de bom, teu blogue!

Duanny!. disse...

Que lindo.
é puro e delicado.. amei ♥

Celamar Maione disse...

Lindo poema !
Beijão

Vieira Calado disse...

Menina de verniz!...

Obrigado pelo seu comentário no meu blog.

Beijoca

tonhOliveira disse...



enCANTAdo!

Beijos!

Nilson Barcelli disse...

Belíssimo poema.
Gostei imenso, parabéns.
Beijos.

Lucão disse...

Sylvinha. Antes de tudo, a sua visita foi ótima! ;) gentil por demais a srta.

Agora, que ritmo, eim? poxa! totalmente cadente. Pra se envolver.
É puro samba, non é? mas dá pra ser outros ritmos tb.

Adorável isso aqui. To virado fã.
Beijos, Sylvinha!

Alline disse...

Brotou um sorriso em mim. E "só" por isso vou voltar sempre.

Beeeeeeijo

Jorge Pimenta disse...

Embalado na melopeia das palavras!

RICARDO LEAL disse...

Aplausos daqui!!!!!