Foto do blog: Mario Lamoglia

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Magia *


Suas mãos se assemelham a cansadas cordas de aço entrelaçadas. Quase sempre imóveis, só é possível vislumbrar as palmas - queimadas pelo calor das pedras - quando se rendem ao mímico diálogo com os pássaros pretos. Gestos ventados ao ar, os dedos desenham incompreensíveis contornos pouco acima da linha do horizonte, enquanto a boca seca cala.

Ela também é alada.

Seus cabelos, derramados ombros abaixo feito cachoeira prateada, têm como preocupação apenas seguir a inconstância do vento. Por vezes se embolam com as correntes ao longe e, de lisos, mimetizam em intermináveis vagas rebeldes. Eles vêm e vão, redemoinham e adormecem conforme a maré. Fios revoltos, não se distingue onde começa e termina seu corpo enquanto flutua.

Ela também é partida.

Sua pele é um conglomerado impreciso de retalhos que misturam rugas e cores aleatórias e marcadas. O corpo é delgado e frágil, e os ossos pontudos revelam por baixo do tecido duro e surrado uma silhueta friamente geométrica. Em postura triangular, mantém a espinha ereta e as pernas cruzadas - as rachadas plantas dos pés para cima. Com a cabeça voltada para o norte, tem os olhos sempre encobertos de névoa, mesmo nos tempos mais quentes, enquanto evapora.

Ela também tem segredos.

Sua vida segue sem que jamais tenha tentado transformar pura magia em meras palavras. Em seu mundo, letras são míseros rabiscos frente a imensidão gloriosa dos sentimentos que vibram. Ela não fala. Ela não escreve. Enquanto muitos a definem louca por inacessíveis e degradantes sinônimos, ela enxerga o vento e o beija.

Ela está muito além.

Sylvia Araujo



* Republicação

PS: Queridos, estou completamente atolada em textos inéditos e secretos rs e não estou tendo tempo para escrever posts fresquinhos e visitar vocês como gostaria. Um novo projeto está a caminho e logo-logo estarei de volta, firme, forte e presente, como sempre. Torçam por mim!

16 comentários:

Hilton Valeriano disse...

Parabéns pelo poema na Diversos afins. Convido-a para visitar meu blog Poesia Diversa. Um grande abraço.

Valéria Gomes disse...

Então temos novidades a caminho!!! Já estou curiosa.
Texto lindo, hein!!!

Beijocas!!!

Luna Sanchez disse...

Cabelos ao vento são de uma poesia, não?

* Boa sorte com o projeto novo, flor! =)

Beijo, beijo.

ℓυηα

Patrícia Gonçalves disse...

Com certeza, torcemos!

Que interessante, sabe que postei algo sobre o vento, mas na verdade o que moveu foi algo que li sobre magia, mas fui incapaz de escrever algo tão belo quanto teu texto!

Bom vim te ler! beijão

Cecília disse...

Go Sylvia, go!
Voa e traz pro nosso deleite o melhor que você está preparando..

.. mas existe melhor? Menina, eu duvido!

Um beijo doce pra vc!

Bruno Tadeu disse...

Suas palavras me fizeram viajar longe. Num lugar tão distante que eu só podia sentir o calor e o frescor dos sentimentos escorrendo pela pele. Um lugar onde só o vento pode nos levar, com o corpo livre e disposto a enfrentar a alegria de estar só, a tristeza tumultuada e... pronto para soltar o grito tão forte, tão único que tornasse impossível de escutar o eco para desmentir o que vem do nosso olhar, visto o que faz a paisagem de nossa vida...
Um beijo com a intensidade de todos nossos sentimentos
Vá alto e mais alto com seus projetos e não tenha medo, pois você sabe voar e arrastar ventania contigo.

Lara Amaral disse...

Torcemos, e de toda forma, bom ler suas republicações, há muitos que não conheço.

Beijos, fofinha!

Renata Luciana disse...

Coisa boa Syl.

"Ela está muito além" tu também está.

Lindo texto!

El Bailaor disse...

Sylvia, esse texto tb me levou muito além de minha mesinha do computador... uma viagem que só voce poderia proporcionar!

Abraços ansiosos pela surpresa que virá... :)

Luciana Marinho disse...

tão precioso em seu encantamento.
texto belo, belo... sublime.


beijo, girassol!

A.S. disse...

Os beijos do vento são sensuais e inspiradores querida!


BeijOOO
AL

Arnoldo Pimentel disse...

Muito bom como sempre seu texto. Estou torcendo por você, tudo de bom.beijos

Jorge Pimenta disse...

a tua releitura é sempre refrescante sinfonia para os sentidos!
um beijinho e... estou a torcer! :)

Tudo ou nada ... disse...

E cá estou a dar um pitaco ...
Gostei e voltarei mais vezes ..
bjos

Tâmara disse...

Flor-Mulher, só passei aqui pra dizer que tô no Rio e eu mega super queria te ver. Amanhã volto pra comentar os textos que nao comentei e trazer flores.


Beijo

Sua Fã

Lustato Tenterrara disse...

Estimada escritora e poeta Sylvia Araujo:
Sentimos informar-lhe que esse Blog Abundante-Mente, não está mais concorrendo ao certame TopBlog2010.

















































































































...



























Ele já ganhou o Prêmio TopBlog2010.

P.S. Acaso algum dos organizadores contabilize ocorrer mais votos a outro blog, sentimos informar que a votação estaria nula de pleno Direito.

Saudações.

Amor & Poesias Messenger Love & Passion of Lustato Tenterrara

Comentário de Lustato Tenterrara, ao blog Abundante-Mente da poeta Sylvia Araújo.