Foto do blog: Mario Lamoglia

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Saco cheio

Faz tempo que tô remoendo. Na verdade, desde que meti as caras e o peito no mundo, minhas engrenagens não páram. Do momento em que comecei a formar uma consciência do alheio e de mim mesma em diante, é fumaça subindo da cachola "all the time".
Atravessei esses dias pensando muito, como sempre aliás, e ando caminhando, cabeça baixa, rumo a um sentimento deprimente e absolutamente desolador: a humanidade é uma merda. Ponto. Os seres humanos são criaturas incompreensivelmente vaidosas, egoístas, cruéis e manipuladoras, etecétera-reticências! E eu tô cansada de rebolar. Te juro; tô exausta de me fazer de cega e surda; exaurida de tentar justificar atitudes injustificáveis, em prol de harmonia e paz. Tô de saco cheio! Sabe quando você coloca uma esponja debaixo da água corrente e ela encharca? Pois é, é bem assim que tô me sentindo: encharcada, prestes a vazar pelos poros...
Entonces, resolvi registrar aqui no meu canto efervecente de palavras gritadas - escarradas, quiçá - tudo o que, daqui pra frente, vai virar cartilha na minha reles vida - ou não. (afinal eu mudo de idéia, e mudarei ad eternum, oh, yeah!)

Lá vai - segura a bomba!
(mas é pra pensar mesmo... se ficar com aquele bendito nó na garganta, saiba que é você com você mesmo, porque eu não tenho nada a ver com os teus sentimentos, ok?)

- Vai julgar a puta que te pariu!
- Toma conta da tua vida!
- Vai ser feliz, vai, ao invés de ficar infernizando a vida dos outros...
- Tem problemas? Resolva-os. Não tente transferí-los! Ninguém tem porra nenhuma a ver com os teus complexos!
- Fez escolhas, assuma! Seja honesto com vc mesmo e fiel aos teus sentimentos!
- Quer? Trabalhe, se esforce. A inveja, meu bem, é uma merda!
- Ama? Mereça, que será amado - isso é certo, eu "agarantio".
- Pare de fazer pose, de fazer tipo. Seja você mesmo e arrebente a boca do balão!
- Escute o que as pessoas têm a dizer, e fale o que tiver que falar, antes de tirar as suas magníficas conclusões.
- Não manipule! Jogo é bom quando tem tabuleiros, cartas, peças coloridas e boas gargalhadas...
- Não fale da vida alheia, a não ser que seja pra colaborar. A língua tem tantas melhores utilidades, mon amour, neeeeem te conto...

Enfim, coração mais leve, sigo da mesma maneira - como se estivesse sentada - mãos pro alto, peito na boca - na montanha russa mais cheia de reviravoltas que se possa cogitar. E levo comigo aquela impressão tão Leniniana, gravada bem no centro da íris: "do meu olhar pra fora, o mundo é só miragem".

Hasta la vista, beibe.

Sylvia Araujo

3 comentários:

Marcio JC disse...

Ichi, mulher inteligente quando fica "braba" é uma coisa - rs... Mas tô assinando embaixo.

Virginia Lucia disse...

uai!!!!!! além de filha psicografa meus pensamentos sem eu ter morrido????? rsrs

splendid disse...

gucci vintage
gucci online
gucci fashion
gucci uk
gucci bags