Foto do blog: Mario Lamoglia

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Estupefata

Caráter, respeito e pudor não se compram no bar da esquina, não senhor!
Nem com trinta mil euros;
Nem com cinquenta mil francos!
Pra algumas coisas existe Mastercard; mas as melhores - e mais importantes - não têm preço...

Sylvia Araujo

3 comentários:

Ana disse...

INCRÍVEL!!!!!
Amei!

Te amo!

Sylvia Araujo disse...

E bóra sambá! E amá! E sê filizzzzzzzzz!

Lóviú inda mais!

renato disse...

Será que eodos temos um preço ou será que existem coisas que não podem ser compradas ?

Esta é uma das discussões que nunca vão ter um fim, principalmente se levarmos em conta este mundo capitalista onde vivemos e nos acostumamos...pois aqui na Terra tudo tem sim um preço, o que ocorre às vezes é que não há dinheiro que chegue para comprar certas coisas...

Acho que é certo afirmar que caráter, respeito e pudor não se compram...este é o sentido de ser incorruptível, o sentido de não se vender a preço nenhum, por mais tentador que as vezes nos pareça abrir mão de certos princípios em prol de vantagens pontuais e na maioria das vezes transitórias...pois quem dentre vós nunca se sentiu tentado(a) a um pequeno (?) desvio de caráter que atire a primeira pedra...

Cabe sempre voltar ao Evangelho e assim podemos compreender a proverbial dificuldade do rico em entrar no Reino!