Foto do blog: Mario Lamoglia

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Oceano em brasa


Aquele mar aberto
no fundo dos olhos.
Aquele sem fim inteiro,
flamejante.
Aquele sempre
aquele nunca
 aquilo tudo escondido
e entregue.
Aquele verdeazulado que grita
sem dizer uma única palavra.
Aquilo tudo em mim:
um nada-tanto tatuado
a ferro quente
no corpo em brasa.



Sylvia Araujo

18 comentários:

Cleriton Pandini disse...

Bonito. É a primeira vez que visito seu blog, que achei por acaso, e gostei.

Té logo.

Valéria Gomes disse...

Coseguiu um resultado maravilhoso na reunião de gigantescas forças.

Beijos de passarinho!!!

Alline disse...

Gosto das tuas palavras, sempre intensas.

Beeeeeeeijo, Sylvia!

Fernanda disse...

Eh Sylvia!
Se numa cuspidela você faz isso!!!
Imagino o que acontece quando você resolve "encher a cara"...
No bom sentido claro!!!
Parabéns...
Adorei o que li!
Fernanda

Luciana Marinho disse...

aqui a beleza sempre surpreende. beijoca.

Priscila Rôde disse...

"Aquilo tudo em mim:
um nada-tanto tatuado
a ferro quente
no corpo em brasa."

Amei!

Sou fã!

Dani Gomes disse...

Parabéns pela classificação no Top 100 do Top Blog!

Gostei daqui. Passarei mais vezes para visitar...

http://omundoparachamardemeu.blogspot.com/

CANTO GERAL DO BRASIL (e outros cantos) disse...

Sylvia,
"Um nada-tanto tatuado", verso lindo...
Prazer estar-me aqui, moça in Rio apaixonada pelas sensações...

Abraço mineiro,
Pedro Ramúcio.

Arnoldo Pimentel disse...

Muito lindo, inspirado e forte poema, parabéns e tudo de bom pra você, estou com saudades de suas visitas, beijos.

Lara Amaral disse...

Sim, vc é assim. Vc salta da tela desse computador; é mais real e verossímil que muita gente que vejo por aí, aparentemente de carne e osso, mas tão pouco espírito.

Belíssimo poema! =)

Vani disse...

Nossa...escreves muito bemmmmm. Meu irmão que escreve o blog "Olhar do mergulhador" me recomendou teu blog....parabéns...intensidade e entrega nas palavras! Lindo mesmo

Tania disse...

Muito lindo, Sylvia!

Ah, te mandei um "click".

Sucesso pra vc.

Bjs!

Colecionadora de Silêncios disse...

Olá, Sylvia.

Aqui, conhecendo o seu espaço. Que coisa linda!

Adorei tudo por aqui... e os seus poemas, nossa! Lindos!

Sigo-te!
Beijos

Flor de Lys disse...

Um lago verdeazulado... no fundo do poço... me ilude todos os dias.

Bom ler vc, gostei!

;* Álly

jjpapel disse...

Sylvia
Sempre muito emocionalmente intensa no que escreves...e que assim também seja a vida!
Quero te desejar os parabéns pela classificação no Top Blog e te convidar a pegar em meu blog três selos que deixei para ti.
Abraço!

Em@ disse...

"um nada-tanto tatuado
a ferro quente
no corpo em brasa."

Amei!
beijo , Sylvia.

flaviopettinichiarte disse...

e como queima essa tatuagem..nossa!! fantastico !!sempre bom é vir aqui!! Sempre!!

Lua Nova disse...

Ah! Teus textos encantam minha alma, falam direto ao meu coração.
Menina, te admiro muito.
Beijokas.